#prontofalei

ooi gentee *-*
Sei que o blog, trata mais sobre entretenimento, e etc.
Mas aproveitando a oportunidade, vou falar sobre os Trotes, os temidos trotes universitários.
Vamos lá...

Um aluno, quando estuda, estuda muito para entrar numa boa universidade, independentemente se é particular, federal, ou estadual. Ela tem que passar pela humilhação de ser cuspido, pisado, e até mesmo machucado? NÃO! Nenhum  de nós pode fazer qualquer coisa dessas com qualquer ser humano, à nossa semelhança. Já vi em diversas vezes, em diversos jornais, pessoas que foram machucadas com ácido sulfúrico, é um ácido que corrói a pele, um ácido de poderosa corrosão. Agora pense e diga: Qual pessoa do mundo merece isso? Acho que nenhum universitário. Certo, há diversos trotes 'saudáveis' onde há apenas brincadeiras com tintas e etc, é até bom para entrosar uns alunos com os outros. Sem dúvidas as universidades deveriam estimular os alunos a não fazerem trotes maldosos, onde há diversos malefícios para ambos, onde os mesmos teriam que fazer certas conscientizações, está certo, que vários alunos não estariam nem aí para as regras. Mas se houver imposição de regras, sem dúvidas, diminuiria bastante o número de casos deste tipo de coisa. Como conseqüência dos trotes, já houve uma morte de um aluno de universidade federal que estava cursando medicina e foi jogado numa piscina de 4 metros de profundidade, mesmo falando para seus colegas (os que fazem os trotes) que não sabia nadar. É sem dúvidas muito triste o que acontece. Isso sem dúvidas tem que acabar! Contribua para que esse tipo de covardia acabe em nosso país e no mundo, pois não somos obrigados a viver com esses marginais!

Pronto, falei tudo que acho desses tipos de pessoas que fazem trotes. 
Fugiu bastante do contexto do blog, mas fiz assim mesmo (:
beijoos & até o próximo post ;*
 

Pauta para Bloínques, edição opinativa

6 comentários:

  1. Bem falado!!! tbm concordo com vc gatinha!!!

    ResponderExcluir
  2. eei mô , vocêe viu que eu acabeei com aquele delicada ousadia e comecei outro, só eeu ? depois visita láa tá ?
    aah , amei o post , eu também sou contra esse tipo de covardia , acho o cúmulo de alguém passar em uma universidade para ser humilhado dessa forma .
    então , beijos mô , atée terça . huhu

    www.delicadaaousadia.blogspot.com

    -máa,

    ResponderExcluir
  3. Certissíma! Na facul onde faço cursinho, os trotes são proibidos, eles fazem tipo um trote solidario... ^-^

    bjão

    ResponderExcluir
  4. Temos dois problemas... pessoas que se sentem "Deuses" quando possuem o "poder" em mãos (os veteranos) e os próprios calouros, que se sentem acuados e não percebem que quem está "mandando" não são nada além do que colegas de mesmo nível.. pessoas como eles mesmos, e por isso não dizem um simples "não".

    Sofri trote quando entrei para a faculdade e tive um trote tranquilo.. com muita sujeira, mas sem humilhações. Acho que até hoje a Biologia continua com essa mentalidade... sem agressões, nem humilhações.. e sempre avisando no começo que quem não quer continuar pode sair, sem problemas. As coisas deveriam ser assim... tratadas como brincadeiras...pois afinal, é uma brincadeira. =)

    Bjoos moçaaaa

    ResponderExcluir
  5. Eu acho terrível esses trotes. Quando passei no vestibular e fui no primeiro dia de aula, fiquei com medo de ter trote. Ficava pensando "estou tão arrumadinha, será que vão me sujar?"
    Mas ainda bem que na minha universidade é proibido.
    Beijos e parabéns pelo ótimo post.

    ResponderExcluir

6 Deliraram comigo:

Anita disse... [Responder comentário]

Bem falado!!! tbm concordo com vc gatinha!!!

Máa disse... [Responder comentário]

eei mô , vocêe viu que eu acabeei com aquele delicada ousadia e comecei outro, só eeu ? depois visita láa tá ?
aah , amei o post , eu também sou contra esse tipo de covardia , acho o cúmulo de alguém passar em uma universidade para ser humilhado dessa forma .
então , beijos mô , atée terça . huhu

www.delicadaaousadia.blogspot.com

-máa,

Vicky Doretto disse... [Responder comentário]

Certissíma! Na facul onde faço cursinho, os trotes são proibidos, eles fazem tipo um trote solidario... ^-^

bjão

Clara disse... [Responder comentário]

Temos dois problemas... pessoas que se sentem "Deuses" quando possuem o "poder" em mãos (os veteranos) e os próprios calouros, que se sentem acuados e não percebem que quem está "mandando" não são nada além do que colegas de mesmo nível.. pessoas como eles mesmos, e por isso não dizem um simples "não".

Sofri trote quando entrei para a faculdade e tive um trote tranquilo.. com muita sujeira, mas sem humilhações. Acho que até hoje a Biologia continua com essa mentalidade... sem agressões, nem humilhações.. e sempre avisando no começo que quem não quer continuar pode sair, sem problemas. As coisas deveriam ser assim... tratadas como brincadeiras...pois afinal, é uma brincadeira. =)

Bjoos moçaaaa

Aline Pedrita disse... [Responder comentário]

Eu acho terrível esses trotes. Quando passei no vestibular e fui no primeiro dia de aula, fiquei com medo de ter trote. Ficava pensando "estou tão arrumadinha, será que vão me sujar?"
Mas ainda bem que na minha universidade é proibido.
Beijos e parabéns pelo ótimo post.

Camila Locatelli disse... [Responder comentário]

ameei o blog moçinha